13 de março de 2013

Os vampiros estão na moda


Depois de Drácula, Entrevista com o Vampiro e Blade, fazia um bom tempo que os vamps não ficavam tão em evidência no mundo. De alguns anos para cá, porém, os hematófagos mitológicos voltaram com tudo, e repaginados. Começou com o sucesso da Saga Crepúsculo, cujos 4 livros e 5 filmes conseguiram milhões de leitores e espectadores e outros tantos milhões em dinheiro pelo mundo. Em seguida, vieram incontáveis filmes, séries e outros livros sobre o assunto, grande parte trazendo vampiros românticos e do bem, assim como na saga.

Não sou uma pessoa de muitos preconceitos, principalmente em se tratando de cinema e literatura. Aliás, gosto de muita coisa que o povo acha tosco. Fazer o quê? Por isso eu também aderi, parcialmente, à moda dos vampiros. Vou deixar aqui minhas impressões sobre os produtos de entretenimento vampiresco atuais que conheço.

Saga Crepúsculo

Julguem-me! Eu li todos os livros e vi todos os filmes. Vários detalhes da história (que dispensa apresentações) deixam o leitor desconfortável por serem forçadas demais, do tipo: os vampiros não podem sair ao sol porque eles brilham (oi?!), e não porque morrem. Além disso, a mocinha Bella é apática, meio chata e faz muitas escolhas erradas. Mas, no geral, eu gosto da história por ser um romance com fundo de mistério e ação. Tirando um dos livros, Lua Nova, em que 80% da história se resume à garota deprimida e sofrendo por amor, achei os livros um bom passatempo, desses que a gente lê rapidinho.

Quanto aos filmes, o primeiro teve um orçamento baixo, o que resultou em efeitos especiais muito toscos (à la Chapolin Colorado), mas o roteiro até ficou bom. O último filme, Amanhecer - Parte 2, sem dúvida, é o melhor deles, com destaque para a batalha final. Ponto para o roteirista, que conseguiu transformar o final sem graça da história, sem mudar a essência. A luta final teve coreografia digna de filme se super-herói.

True Blood

Minha gente, o-q-u-e-é-q-u-e-é essa série? Sexo, drogas, sangue e muita sacanagem (com cenas bem longas e detalhadas). E todo mundo adora ser mordido! Assisti à primeira temporada, mas não consegui continuar na segunda porque, enfim, já deu o que tinha que dar. Mas a série não é de todo ruim e já está indo para sua 6ª temporada, prova de que fã é o que não falta. Se você gostou da descrição, fica a dica. True Blood é exibida pela HBO.


The Vampire Diaries

É aqui que você vai encontrar os vampiros mais bonitos da sua vida (e os lobos e os humanos também). Sinopse da série: vampiro bom que toma sangue de animais chega a cidade pequena e se apaixona por uma humana local. É verdade, lembra muito Crepúsculo, mas só no início. É uma história menos inocente que Crepúsculo, mas menos vida lôka que True Blood. Estou acompanhando a segunda temporada e tenho gostado bastante. Na história também tem bruxos - e bruxos são sempre legais. The Vampire Diaries é exibida pela Warner no Brasil.


Saga House of Night

Escrita por P. C. Cast, é uma série de livros sobre a vida de Zoey Redbird, uma garota de origem Cherokee que se torna vampira e tem que se mudar para a Morada da Noite, uma espécie de Hogwarts dos vampiros. Neste mundo, humanos e vamps sabem da existência uns dos outros e convivem de forma tensa, mas pacífica. Zoey é diferente porque recebeu da deusa Nyx o dom dos cinco elementos. O problema é que o processo de transformação leva anos e, muitas vezes, é fatal. A história mistura suspense, humor, mistério e drama, com um quê picante. A série tem uns 10 livros lançados até agora, dos quais só li dois (paguei R$ 10 em cada um). Só compro os outros se estiverem na promoção (mão-de-vaca mode on).

Por hoje chega de vampiros. Em outro momento, vamos falar sobre zumbis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário